“O significado de ficar em casa nesse momento é proteção e, no futuro, é um desafio. As pessoas vão repensar a necessidade de tantos deslocamentos e a capacidade de fazer algumas coisas sem se transportar tanto e reorganizar o dia a dia”. É assim que o arquiteto Marcelo Minuscoli avalia a necessidade que as pessoas têm durante a quarentena.

O isolamento social é essencial para evitar a disseminação descontrolada do novo coronavírus e isso tem feito com que mudanças aconteçam na relação das pessoas com as suas casas. É praticamente consenso entre especialistas das mais diversas áreas que nada voltará a ser como antes. No entanto, isso não quer dizer que não pode ser melhor.

Como avaliou Marcelo, nesse momento, ficar em casa é sinônimo de segurança. Mas no futuro, será que vamos ter uma transformação cultural profunda, mesmo quando o cenário de pandemia passar? Tudo indica que sim. As pessoas levarão tempo para voltar a ocupar 100% as ruas. Fora que muitas atividades permanecerão sendo realizadas no lar.

ficar em casa

Uma pesquisa desenvolvida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), por exemplo, aponta que o home office deve crescer até 30% após a pandemia. Isso mostra o quanto as atividades profissionais e o layout das casas deverão ser adaptados.

A partir disso, algumas questões começam a surgir na mente de quem trabalha com decoração e design: como os profissionais da arquitetura enfrentam esse momento? Como se adaptar a essa nova realidade e manter a criatividade?

Conversamos com alguns de nossos parceiros e eles compartilharam suas experiências conosco. Quer saber como eles encaram ficar em casa durante a pandemia? É só seguir a leitura!

O lado bom de ficar em casa:

Ficar em casa pode ser melhor que a gente imaginava! A rotina corrida de trabalho fez com que, muitas vezes, deixássemos de curtir o lar, que servia mais como um lugar para dormir ou um espaço para guardar coisas do que realmente um local de bem-estar e lazer.

ficar em casa

Com a quarentena, foi preciso ficar em casa, se redescobrir e buscar novos programas. Marcelo, por exemplo, adora curtir os seus pets: a Nina, a Lola e o Mumu. Ele também ama cozinhar e até compartilhou com a gente a foto de um bolo integral, que parece estar muito gostoso.

Já André Moral, diretor da Lab 88, comentou que aproveita a quarentena para passar mais tempo com a família, embora todos tenham as suas atividades, mesmo tendo que ficar em casa. Os filhos dele, por exemplo, têm aulas online, de modo que cada um fica em um quarto. Mas todos estão próximos fisicamente e podem conversar com mais frequência.

ficar em casa

Por sua vez, a arquiteta Nathália Montans passa por uma situação bem diferente no período de isolamento social. Ela está de mudança de um apartamento para uma casa.

Isso fez com que ela repensasse o que realmente gostaria para o seu novo lar. “A pandemia mudou o olhar do morador. As pessoas estão pensando no que elas poderiam ter feito ou podem fazer, já que não se sabe quando isso vai terminar ou pode acontecer de novo”, comenta.

Mais do que nunca, ficar em casa deve ser um sinônimo de conforto e aconchego. Antigamente, quando a maioria das pessoas vivia da agricultura, era comum trabalhar e viver no mesmo local. Com a Revolução Industrial e a migração em massa da zona rural para a urbana, essa dinâmica mudou.

A história, no entanto, é cíclica, e alguns acontecimentos podem provocar mudanças culturais profundas. A pandemia do coronavírus, de acordo com alguns historiadores, será o que realmente marcará a entrada no século XXI. Embora já tenhamos vivido alguns anos no terceiro milênio, a distância cultural entre a contemporaneidade e o passado ainda não era muito grande.

Agora, trabalhar em casa é uma tendência! As pessoas descobriram que podem explorar os recursos da computação em nuvem e todas as tecnologias que temos hoje para realizar as suas atividades.

Para isso, no entanto, deve-se redescobrir o prazer de ficar em casa e tocar as suas tarefas profissionais e domésticas no mesmo ambiente. Em suma, é preciso se reinventar.

O dia a dia dos profissionais da arquitetura durante o período de isolamento social

A construção civil é uma área que não parou totalmente. Isso faz com que alguns arquitetos continuem a trabalhar em escritórios ou fazer visitas a obras. Mas claro que com as devidas precauções, como uso de máscara e álcool em gel 70%.

ficar em casa

É o caso de André, que optou por ficar em casa metade do dia em home office e outra parte no escritório e na supervisão das obras. Assim, ele evita a exposição ao vírus, mas não abandona totalmente o trabalho.

Nas horas vagas, ele gosta de praticar atividades físicas e, como não pode correr na rua, até alugou uma bike de academia para se exercitar em casa.

Outro hobby de André é a cozinha. Ele manda tão bem que foi até tema de uma reportagem do Jornal da Band. Assista:

 Já Nathália explicou que, na cidade dela, algumas atividades foram liberadas e ela voltou a trabalhar no escritório. No entanto, a profissional recorda que nos dias em que ficou em casa, trabalhou muito mais do que na rotina tradicional.

“Tem muita coisa que sou à moda antiga: preciso ver, preciso olhar, preciso pegar, principalmente para poder criar”, afirma. Essa é uma realidade vivida por muitas pessoas, que agora passam por uma reorganização da vida profissional.

Dicas para manter a criatividade durante a quarentena

Arquitetos, designers e outros profissionais que trabalham com criação também precisam enfrentar um desafio a mais na quarentena. Como se manter criativo e inovador em tempos tão repletos de dúvidas? Os nossos parceiros têm algumas dicas.

Tenha um espaço na casa para desenvolver um hobby

Para se manter criativo dentro de casa, uma boa ideia é ter um espaço para que seja desenvolvido um hobby, para desestressar um pouco ou curtir o tempo livre.

ficar em casa

Marcelo comenta que “se mostrou necessário ter um cantinho para fazer uma ginástica, alongamentos, trabalhos manuais, pintar, costurar etc”.

Muitas pessoas tiveram que se redescobrir e acabaram buscando atividades que gostam de fazer, mas às quais já não se dedicavam por falta de tempo. Incluir isso na rotina é interessante durante e após a quarentena.

Descubra novas referências e agregue conhecimentos

André aproveita as horas a mais em casa para descobrir novas referências e renovar os conhecimentos. Ele faz um curso de mídias digitais e pretende fazer outro de empreendedorismo.

O arquiteto acredita que o momento atual é interessante para ganhar repertório e, assim, desenvolver a criatividade. Buscar coisas novas mantém a mente lúcida e aquecida para fervilhar ideias.

Mantenha o foco e busque inspiração

Para Nathália, a dica é ter foco e buscar inspiração para manter a criatividade. Como são muitas atividades para conciliar, ela acredita que é interessante acompanhar lives, fazer exercícios físicos, manter o contato com a família etc.

“Se você entrar numa bad, deita na cama e não quer levantar mais”, alerta a profissional. Por isso, ela recomenda que sempre se busque inspirações de forma positiva, para se manter criativo, mesmo em momentos mais difíceis.

ficar em casa

Novos projetos: o período atual é um bom momento para reformar ou redecorar?

Será que o momento atual é ideal para reformar ou redecorar ambientes? Muitos arquitetos acreditam que sim, vivemos um momento em que transformar é necessário.

Para André, o período de distanciamento social é ideal para planejar obras. Pode-se fazer a projeção de um espaço para trabalhar em casa, por exemplo, já que essa é uma tendência que promete trazer muita praticidade.

 “A gente vai incorporar essa ideia de trabalhar em casa, mesmo depois da quarentena. Vai dar para encurtar distâncias, fazer reuniões online etc”, aponta o profissional, que acredita que deixar a casa equipada para o home office é o futuro.

Nathália também acha que o momento atual é interessante para redecorar, porque não se sabe o dia de amanhã. “As pessoas agora estão entendendo, de fato, a importância da casa”. Pode-se pensar em alternativas rápidas para separar as atividades domésticas das profissionais, por exemplo.

ficar em casa

Ficar em casa é o conselho que mais ouvimos no momento. Aproveite essa nova realidade para cuidar de você, estreitar laços, resgatar