Apostar no sustentável é uma tendência atual presente também na arquitetura. A arquiteta Jaqueline Siebert levou esse conceito para o seu ambiente na CASACOR Paraná 2017 investindo em uma estrutura de contêiner como base para a Brinquedoteca. A principal tendência que Jaqueline deseja a presentar é a possibilidade de criar um espaço funcional e sustentável que pode ser replicado em outros locais.

Sustentabilidade? Presente!

Os contêineres normalmente são materiais de reuso, isso já faz com que a sustentabilidade seja o foco do projeto. E existem outros detalhes que reforçam essa proposta sustentável, conforme explica a arquiteta. “Atualmente, as edificações precisam ser mais sustentáveis e recursos como telhado verde e o jardim vertical, que traz a vegetação para dentro dos espaços,contribui muito com isso”. Também foi utilizada madeira de reflorestamento.

Para brincar e aprender

Brinquedoteca sustentável

“Nesse projeto, o lúdico é apresentado no uso de brinquedos educativos, em uma época em que as crianças estão cada vez mais conectadas a aparelhos eletrônicos”, comenta Jaqueline. O ambiente é complementado por um tabuleiro de xadrez gigante e peças que remetem à infância de antigamente.

Originalidade

Piscina de bolinhas, brinquedoteca sustentável

Para não descaracterizar o contêiner e valorizar a escolha dos materiais, a arquiteta optou por preservar a cor natural da madeira. Nesse espaço sustentável, cores claras contrastam com o colorido dos brinquedos e outros objetos de decoração, como luminárias e cadeiras.